Nota de falecimento do escritor Podêncio Fabrízio

Morreu hoje na capital paulista, aos 55 anos, o consagrado e renomado escritor Podêncio Fabrízio decorrente de uma insuficiência respiratória.  O autor estava internado há três meses em hospital não divulgado. Seus fãs e a imprensa acompanhavam o tratamento pelas redes sociais, que vinha sendo atualizada pela família.

A confirmação foi divulgada pelo próprio Facebook de Fabrízio: “É com muita tristeza que informamos que nosso querido Podêncio Fabrízio nos deixou esta madrugada. Espero que seu caminho reto, escrito por vezes com letras tortas, o tenham levado para um lugar melhor. A família agradece as manifestações de solidariedade dos fãs que sempre desejaram força e nos motivam a seguir adiante”. A postagem também informa que a página será convertida em um memorial.

A Academia Brasileira de Letras publicou uma nota afirmando “que hoje o Brasil perde uma grande personalidade, que apesar de nunca ter concluído sua grande obra, nos deixa com um legado inominável de sua ousadia e criatividade”.

O dia de Podêncio

Para homenagear o escritor as redes sociais divulgaram diversas montagens e sugeriram que dia seja reconhecido como o “Dia de Podêncio”, para que todos sejam lembrados de nunca desistir de seus sonhos. Até o fechamento desta matéria imagens do autor com suas frases já eram tão comuns quanto de outros escritores como Clarice Lispector e Charlie Chaplin.

Vida e obra

Nascido na capital paulista Podêncio viveu com sua família de origem italiana durante toda a infância e início da adolescência quando decidiu sair de casa e montar uma república com outros jovens visionários. Além de casa, o espaço ficou conhecido por reunir jovens da capital para longos debates políticos. Chegou a participar de algumas intervenções artísticas e protestos ao lado de movimentos sociais.

Após passar no vestibular cursou Administração Pública na Universidade Estadual Paulista (UNESP) em Araraquara. Voltou para a capital e durante um ano e meio trabalhou em um escritório de sua família. Chegou a afirmar que foi um dos piores momentos de sua jornada e por isso pediu demissão para viver o seu sonho de escrever.

Sua decisão causou grande comoção e  motivou milhares de jovens a seguirem seus sonhos e também abandonarem seus empregos para tocarem projetos pessoais. Fabrízio decidiu inspirar ainda mais os que o acompanhavam publicando diariamente em redes sociais o seu processo criativo.

Conflitos

Depois de quatro anos sem resultados e quase esquecido pela grande mídia, Podêncio voltou a ser foco ao discutir publicamente com sua família em um renomado restaurante da capital. Os pais se recusavam a financiar o jovem por mais tempo sem um “emprego formal”. O Sr. Lorêncio, pai de Fabrízio, precisou encerrar sua conta no Facebook, após uma enxurrada de críticas. Com a repercussão do caso os fãs voltaram a acompanhar o trabalho do autor e chegaram a divulgar dados pessoais e da empresa do Sr. Lorêncio em retaliação ao que chamaram de “uma tentativa de impor suas opiniões atrasadas e conservadoras” ao filho.

Mesmo sem o suporte financeiro de seus progenitores Fabrízio seguiu escrevendo. Iniciou uma campanha de captação de recursos na internet. Em seus sites as pessoas podiam doar a quantia que quisessem para incentivar que seu trabalho seguisse. Em contrapartida foi prometido o melhor livro da atualidade. “Acredito que tenho potencial de retratar como ninguém o que pensam as pessoas da nossa época. Eu sou o reflexo dessa geração e cabe a mim escrever sobre”, afirmou em entrevista ao jornal O Estado de São Paulo.

Com a aparição de críticos, que duvidavam e questionavam o seu talento, o escritor passou a divulgar trechos de 140 caracteres de sua obra. A medida inspirou ainda mais o publico e rendeu financiamentos para a continuidade de sua grande obra. Com a pressão dos patrocinadores o projeto caminhou a maior velocidade e recebeu o título de A Grande Obra. Um concurso para que seus seguidores sugerirem a capa foi realizado, sem contudo divulgarem o resultado.

Outro ponto de embate na vida de Podêncio foi o processo movido contra ele por Matias Gomes Ferreira, que o acusava de iludir milhares de pessoas e incutir falsa esperança em jovens. Ferreira se dizia uma das vítimas e relatou que abandonou seus estudos e trabalho para seguir seu sonho tendo ficado em situação precária e passado fome, sem no entanto, chegar ao seu objetivo.

Com apenas 22 anos, o jovem se dizia sem recursos financeiros, moradia e em estado de depressão (o que nunca chegou a ser comprovado por qualquer psiquiatra). O juíz do caso encerrou a batalha judicial afirmando que “qualquer pessoa tem a opção de escolher os caminhos pelo qual deseja trilhar” e que o relato só demonstrava a “grandiosidade de Podêncio Fabrízio, ao conseguir trilhar caminhos tortuosos e cheios de obstáculos para nos privilegiar com sua incomparável sabedoria”.

Com o fim do processo e sua honra restaurada, além de receber o dinheiro que o oportunista rapaz teria que pagar como indenização, o autor ainda “ganhou como o maior dos prêmios” – segundo ele afirmou comovido – a reconciliação com sua família, que passou a ajudá-lo e foi vital nos seus últimos meses de vida administrando sua carreira e nos minutos finais atualizando seus perfis.

Sua obra nunca chegou a ser publicadas e alguns críticos afirmam que se quer foi escrita. A família refuta as informações e chamam de caluniosas as tentativas de ofender a honra de Podêncio. Prometem que em breve lançarão uma versão do seu trabalho que estava em processo já avançado de revisão.

Usando as palavras de um de seus fãs: depois de hoje o nosso tempo fica um pouco mais vazio. #DiaDePodencio

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s